sexta-feira, março 24, 2006

Quadrados de crochet



Os conhecidos quadrados afegãos. Boa maneira de aproveitar restos de lãs ou fio de algodão.

Estes combinam técnicas de quadrados afegãos com rosas da Irlanda e cachos.

terça-feira, março 21, 2006

ESCOLHAS

Gostei tanto, deste video, sugerido pela Shiny Surya, do Brasil, que não resisti a pedir também, que parem uns segundos... e o vejam

http://www.cidadedocerebro.com.br/load_video.swf

sábado, março 18, 2006

Além do mar as flores são outra das minhas paixões


Esta tirei também na Madeira, embora nos Açores é que as hortênsias, são lindíssimas.

Podemos viajar muito, mas o nosso País, pequenino mas é líndissimo.
Muita gente vai a muitos países e não conhecem, Portugal.

Fotografias tiradas em Porto Moniz, Madeira






Durante um passeio que dei na Madeira

sexta-feira, março 17, 2006

Donas de Casa Desesperadas



Gostava de ver na TV, a segunda série de DONAS DE CASA DESESPERADAS , vão começar a transmitir em Espanha, espero que na nossa TV, também dêm, pois era uma óptima série.. Todas nos revemos nelas

domingo, março 12, 2006

sábado, março 11, 2006

Comprei um manual de Lavores modernos e tradicionais





APLICAÇÂO DE FIOS E BORDADO SOBRE GRELHA

São duas técnicas utilizadas há séculos para trabalhar com fios de várias texturas, fitas ou cordões.
Deve usar-se sempre um bastidor para este tipo de técnicas, a fim de não enrugar o trabalho. E os fios não devem ser puxados com muita força.

APLICAÇÂO DE FIOS SIMPLES





APLICAÇÂO DECORATIVA

















APLICAÇÂO DUPLA
















APLICAÇÂO EM ESPIRAL
















BORDADO SOBRE GRELHA

terça-feira, março 07, 2006

LENDO POESIA DA MINHA JANELA MÀGICA

Da minha janela, (estou sempre a repetir-me), mas adoro ver o mar e ver os barcos desaparecendo na linha do horizonte, outras vezes, vejo-os a aparecer.... aproximando-se........, passando por detrás do Bujio e a entrar na barra do Tejo... o Sol desaparecendo na linha do horizonte...., estas imagens exercem um fascínio especial, sobre mim, que não sei explicar.....
E estava a ler uns versos da NATÁLIA CORREIA, que achei que se encaixavam, perfeitamente, nos meus pensamentos... e que pena que tenho de não saber escrever de não conseguir transmitir, os meus sentimentos... resta-me o prazer de poder ler, ler,ler... e poder levar o meu espírito para onde as minhas palavras, não me conseguem levar...


"Em cada estrela cadente
Que vai perder-se no rio
Uma parte de mim parte
No mistério de um navio.

Sou passageira da noite,
Num veleiro de luar.
O porto onde eu embarquei
É onde devo ir parar.

A onda que vem à praia
E volta de novo ao mar,
Abriu um lírio na areia
Que a brisa vem desfolhar!

Passam navios ao longe,
num jeito de não parar!..."

"in RIO DE NUVENS "

"NATÀLIA CORREIA"